Biblioteca

“Célia Barros opera num território da intersecção entre a escultura e a gravura. Suas investigações e assertivas em mostras anteriores delineiam um percurso com o qual o presente trabalho apresenta-se como uma nova derivação. Mas neste momento, além das qualidades plásticas conquistadas na elaboração dos objetos-livros, a apresentação pública deste conjunto promove uma tensão transformadora do espaço onde ele é disposto: “Biblioteca” é apresentado no interior de bibliotecas.

Consultados, manuseados, recombinados e indagados pelo usuário de uma sala de leitura, os objetos de Célia Barros se confrontam com o ambiente. Pelas diferenças eles ativam as identidades reciprocamente - o corriqueiro e o inventido conti- dos e escondidos num livro - conferindo uma nova dimensão ao fascinante universo que constitui uma biblioteca.”

 

Augusto Sampaio

40 livros de madeia
Dimensões variáveis
Biblioteca Latino-Americana Vitor Civita Memorial da América Latina,
São Paulo,
2007